• baile.jpg
  • IMG_1859a.jpg
  • IMG_1866a.jpg
  • IMG_2394a.jpg
  • IMG_2438a.jpg
  • IMG_2454a.jpg
  • IMG_2459a.jpg
  • IMG_2802a.jpg
  • IMG_3097a.jpg
  • IMG_3322a.jpg
  • IMG_3337a.jpg
  • IMG_3338a.jpg
  • WP_20140514_03_09_00_Pro.jpg

São João

Antecipadamente
agradeço a vossa
especial atenção,
 
Que certamente
farão o favor de
me dispensar,
 
Mais uma vez pôs
a Minha memória
a trabalhar.
 
Inventei alguns
poemas, desta
vez dedicados ao
São João,
 
Ó meu rico São
João
 
Tu és o padroeiro
 
Se tens bom
coração
 
Não me deixes
ficar sem
dinheiro
 
Tu és o santo
mais antigo
 
E mais rico em 
tradições
 
És protetor do
majerico
 
E de outras 
produções
 
O alho-porro ficou
na história
 
Substituindo pelo
martelinho
 
Quem tiver boa
memória
 
Sabe que não
subscrevo
sozinho
 
Na manhã de São
João
 
Antes de nascer
o sol
 
Quase toda a
população
 
Tomava banho de
água benta
 
Porque o banho
era o mais são
 
Durava todo o
Ano
 
E curava
qualquer doença
 
Segundo reza a 
tradição
 
Nas Câmaras
Municipais
 
Eram tomadas 
Decisão
 
quem as ia 
representar mais
 
Na sua
governação
 
Há vnoite
poleava-se a 
fogueira
 
Comia-se
sardinha assada
 
Durava a noite
inteira
 
Só acabava de 
Madrugada
 
Ainda hoje tenho 
saudades
 
Como era o dia
de São João
antigamente
 
Perdeu-se certas 
atividades 
 
que se vivia 
intensamente
 
Muito mais havia 
Para dizer,
 
Peço desculpa do 
tempo que lhes roubei
 
Par mim foi um
prazer
 
declamar o que
inventei.
  • Visualizações: 228